Para empreender com sucesso, você precisa conhecer bem os seus consumidores. Além de estudar o perfil de potenciais compradores, um bom caminho para atrair mais vendas é também estudar os seus atuais clientes.

O Marketing de Conteúdo é um grande aliado nessa jornada, ele vai te oferecer visualizações e tráfego orgânico. Para uma pessoa chegar ao seu site, permanecer e virar um cliente, é fundamental que você conheça seu perfil.

Perfil esse que não é tão simples de delimitar, mas que também não é um bicho de sete cabeças. É neste ponto que você entende o comportamento do seu consumidor ideal.

Também chamados de avatares os perfis que são criados baseados em pessoas reais, e englobam informações demográficas, idade, renda etc.

E para te ajudar nesta etapa, preparamos para você um guia completo sobre persona, para facilitar a criação da sua própria persona, objetivando o direcionamento do seu alvo.

Vamos abordar os seguintes tópicos neste artigo:

Vamos nessa?

Para começar a gente precisa contextualizar e te explicar de forma mais profunda o que de fato é essa tal de persona, um passo por vez.

Persona ou avatar: o que é?

Entendemos como persona um conceito extraído de dados reais ideais para um negócio. Os tais dados demográficos que a gente abordou acima precisam estar bem indicados aqui, complementando com o comportamento dos consumidores, suas motivações, desejos, objetivos e principais problemas que precisam ser resolvidos.

O nome real de persona conhecido no mercado é Buyer persona, que significa cliente comprador, e simplificado para cliente ideal.

As personas são o principal meio utilizado na estratégia de Marketing Digital para a sua empresa. A delimitação delas te direciona para conseguir o melhor investimento e o contato, arquitetando ações mais eficientes e certeiras – não é um tiro no escuro.

Com esse artifício você não vai só conhecer o seu potencial consumidor, mas também irá a fundo em seus medos e dores, procurando solucionar os seus problemas através do seu conteúdo e seus serviços/produtos.

A importância da construção da persona para o seu negócio

É de grande utilidade para a sua empresa.

Saber quem você deve atingir auxilia em diversos quesitos, como a redução de gastos para o seu negócio. É comum que aconteça uma redução de investimento em links patrocinados, por exemplo.

É claro que isso não é uma regra, já que você pode manter o investimento se tiver capital para isso, é só mais um caminho. Mas é importante lembrar que quando já se tem a persona definida não há motivos para gastar tempo e dinheiro, com um público que você sabe que não se interessa pelo seu negócio.

Sem contar que as principais ferramentas para geração de tráfego pago para o seu site, como Facebook Ads e Google Ads dispõem de diversas opções de fracionamento.

Isso facilita a criação de campanhas mais específicas. O Facebook permite a criação de uma campanha baseada em dados como localização, idade, idioma, interesses e escolaridade – além de sexo.

Pessoas também parecidas com esse perfil são atingidas em cheio em seu feed de notícias. Não é preciso um grande orçamento sem planejamento, mas exatamente o contrário.

Como construir uma persona?

Desde o início do artigo a gente frisa que é fundamental a criação da persona, e agora não vai ser diferente. Tudo faz parte da estratégia de Marketing Digital que vai fazer o seu negócio decolar.

O investimento sem uma persona também traz retornos, mas não é um resultado considerável. Por isso esta parte do artigo é a fase fundamental para entendermos como tudo funciona.

Sua atenção inicial precisa estar voltada para determinar o tipo de conteúdo necessário para atingir o objetivo, o tom e o estilo do conteúdo, a estratégia de Marketing por trás da comunicação com o público, os tópicos abordados e as fontes que embasam a sua comunicação.

Perguntas a serem respondidas para construção do perfil

Do que seu cliente gosta?

Quantos anos ele tem?

Por qual tipo de assunto ele se interessa?

O que seu potencial cliente costuma fazer durante o trabalho e para se divertir?

Qual é o seu nível de escolaridade?

Quais são os seus principais problemas enfrentados?

Quais são seus objetivos?

Quais são as suas influências?

É preciso ter delimitado o que o seu potencial consumidor procura, e se ele se interessa pelo produto/serviço que você oferece. Pense principalmente em conteúdos que podem resolver o seu problema. O material coletado com as perguntas podem servir de matéria-prima para um bom conteúdo.

É possível fazer entrevistas para delimitar personas?

Sim, com certeza. Através das entrevistas você vai conseguir os melhores resultados sem tentar precisar prever e possivelmente errar.

Mas aqui vai ser preciso um pouco mais de trabalho, porque é necessário montar um roteiro para entrevistar, reunindo um grupo de discussão para abordar os entrevistados.

Primeiro é preciso observar quais são as pessoas mais ativas da sua rede social, aquelas que sempre estão interagindo. O perfil deste internauta já te fornecerá algumas informações.

Recorra ao seu banco de dados de clientes. É possível procurar também contatos que possam se encaixar no perfil desejado por você.

Indicações para a construção do roteiro de perguntas

As perguntas devem ser básicas para a coleta de dados que vão criar as personas. A conversa fluida é importante, e deixar espaço para o entrevistado falar sobre outros assuntos abre para que informações importantes para a sua pesquisa surjam.

Fique atento para intervir nos pontos chaves que te interessam e faça perguntas de momento que porventura faltaram.

Agora que você já sabe como montar um roteiro para entrevista e como entrevistar para montar sua persona, você já pode construir e definir sua persona.

Vamos às características fundamentais que devem ser preenchidas em um sólido perfil.

É dessa forma que a sua persona será definida. Todas essas informações implicarão na escolha de determinadas atitudes tomadas por você na gerência do seu negócio, te garantindo uma abordagem focada e especializada.

Público alvo x persona

Os dois tipos de delimitação têm nomes distintos, mas podem se confundir. Até porque todo o processo de coleta de informações para criação da persona parece com o do público-alvo também.

Vale ressaltar que é importante você conhecer seu público, mas vejamos as principais diferenças:

Podemos dizer que o público-alvo é uma visualização ampla dos seus clientes. É como um nicho, onde pessoas têm gostos parecidos. A definição do público é feita com a utilização de critérios sociodemográficos como educação, classe social, sexo, idade, nacionalidade e profissão – além de critérios geográficos como a localização.

A persona engloba os dados geográficos e sociodemográficos, mas também os psicográficos, que tratam do comportamento do internauta, como gostos, sensibilidade a preços, personalidade, estilo de vida etc.

Não tenho consumidores ainda, posso construir uma persona?

Deve. Como abordamos acima, você não precisa necessariamente ter consumidores para construir a persona. Basta você utilizar o critério dos potenciais clientes, atentar para um perfil que se encaixe ao seu negócio.

Posteriormente, com esses clientes “na sua rede”, é possível ter um perfil “matador”.

Que tal um pequeno passo a passo para você construir uma persona, mesmo sem ter clientes nenhum?

Você precisa de dados. Colete o maior número de informações próximas ao seu produto, e tente imaginar o perfil do seu possível cliente. A combinação de dados qualitativos e quantitativos dá profundidade à sua pesquisa.

Passo 1 – Defina esse possível perfil da sua persona. Quem é a pessoa que pode comprar o seu produto?

Passo 2 – A amostra da sua pesquisa é realmente relevante? O tamanho da população e o espaço geográfico são satisfatórios? Defina isso também.

Passo 3 – Precisa de funcionários para aplicar o questionário para você? Qual é o custo dessa pesquisa?

Passo 4 – Monte um cronograma completo de tudo que precisa ser feito para descobrir o perfil da sua persona.

Passo 5 – Escolha a sua técnica para coletar esses dados. Há inúmeras ferramentas que podem te auxiliar com questionários online (Google Forms), entrevistas e/ou grupos.

Passo 6 – Monte uma estrutura com os seus dados.

Passo 7 – Execute o seu cronograma à risca.

Passo 8 – Fechamento de pesquisa e análise de dados: aqui você descobriu a sua persona.

Gerador de persona

Ainda não consegue criar a persona? Seus problemas acabaram!

A empresa Resultados Digitais criou uma ferramenta que te ajuda na criação da sua persona.

Confira aqui o Fantástico Gerador de Personas.

Este artifício vai te ajudar diretamente na criação da sua persona, e ao final você terá um documento com o perfil completo.

Todas as informações necessárias serão disponibilizadas nesse relatório, e ele sai prontinho para você imprimir e colocar em prática no seu planejamento.

Conclusão

Ufa! Foi bastante informação, hein? Preenchemos todas as lacunas que tratam deste assunto. As personas são fundamentais para uma boa estruturação de planos e estratégias de negócios, elas te ajudam a conhecer a fundo quem se interessa pelo seu produto/negócio, por isso não deixe de traçar este perfil nunca!

Conte com a gente para sanar todas as suas dúvidas. Esperamos que essas dicas te ajudem muito e você prospere sempre!

E aí, gostou do nosso artigo? Conta para a gente o que você achou nos comentários!

Até a próxima!

3 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *