Já pensou em montar uma loja online? Muita gente tem essa vontade, mas desiste logo que vê que dá um pouco de trabalho.

Calma, tudo dá trabalho mesmo, essa é a lei da vida. Mas aqui a gente vai sanar todas as suas dúvidas sobre as plataformas para lojas e-commerce, para que você escolha aquela que se adequa melhor ao seu negócio e tenha sucesso em suas vendas.

Para começar é preciso ressaltar que o e-commerce não é nada mais do que uma loja, mas só que online e com muito mais benefícios – e sem burocracia.

A gente fez um super guia sobre e-commerce, que tal você dar uma olhada? Clique aqui.

Neste artigo nós vamos falar sobre as principais funcionalidades das plataformas de e-commerce. O que deve ser ideal? O que você deve procurar em uma plataforma dessas para a sua loja?

E também vamos falar sobre as cinco principais plataformas, em um minucioso comparativo, de modo que te ajude a escolher aquela que se adequa melhor ao seu negócio.

E aí, bora?

Os melhores recursos de uma plataforma de e-commerce

Que bom que você escolheu ter um e-commerce para a sua vida. Sabia que você já venceu diversas barreiras burocráticas para iniciar um negócio e ter sucesso? Pois é. O próximo passo é colocar no ar e ganhar dinheiro.

Ao criar a sua própria loja online em uma plataforma de e-commerce você pode vender produtos físicos, serviços e mesmo infoprodutos.

Aqui vão as principais funcionalidades que uma loja e-commerce precisa ter, atente-se a elas.

Categorias e produtos

A sua plataforma deve ser bem organizada, por isso é fundamental que tenha as categorias do que você oferece bem separado e com uma fluidez de navegação.

Personalização de página para cada produto

Olha, se eu entrasse em uma loja virtual iria gostar de ler detalhadamente o que cada produto e serviço oferece, além do mais é dinheiro – e tem de ser bem investido. Por isso, crie uma página dentro da sua loja para cada produto, detalhe bem as suas funcionalidades tirando todas as dúvidas do seu cliente.

Promoções

Sim, elas chamam muita atenção. Todo mundo adora promoção, é uma maneira de fazer a sua loja bombar.

Suporte e maneiras de pagamento

O ideal é que a sua loja ofereça quantas formas de pagamentos puder, inclusive o boleto. Jesus não agradou a todos, mas você precisa tentar para vender.

Agora chegou a hora de falar sobre as plataformas. Qual é melhor? Qual eu devo escolher? Descubra no nosso comparativo logo abaixo.

Quais são os tipos de plataformas e-commerce?

Open Source

São plataformas de e-commerce com sistema de código aberto. Nessas, os layouts e funcionalidades podem ser alteradas de acordo com as suas necessidades.

Fique tranquilo, aqui não existe cobrança de licenças ou taxas. São ótimas para quem está começando e pretende investir pouco.

Podemos dar dois exemplos famosos sobre essa plataforma. Um é o Magento, uma das mais famosas e pioneiras em mercado de plataformas open source.

O outro é o WooCommerce, o nosso queridinho. O plugin que coloca uma loja virtual dentro do seu site WordPress.

Mas calma, a gente ainda vai dissecar as plataformas logo abaixo.

Plataforma Proprietária

Esta não tem o código aberto, é fechado.

Apesar de parecer mais segura, por conta do sistema estar sobre resguardo de uma empresa, ela não está imune a invasões. Aqui, basicamente, é um sistema fechado gerenciado por alguma empresa.

Plataforma SaaS

Você com certeza conhece o Netflix e o Spotify.

Então, essas plataformas são SaaS. Elas utilizam a computação em nuvem para a infraestrutura de uma loja virtual, para serviços ou produtos.

Funciona como um aluguel de plataforma. Você pode utilizar e o e-commerce não ser seu, mas se precisar trocar de plataforma você perde todos os dados – o que é terrível e assustador.

Existe alguma forma de minimizar esses riscos utilizando esse tipo de plataforma?

SIM! Conheça o Open SaaS, onde são combinados o Open Source e o SaaS, com custo baixíssimo. A loja agora é sua. 🙂

Plataforma Licenciada

Neste tipo de plataforma, o proprietário adquire um tipo de licença de código fonte desenvolvido por terceiros. Mas para isso é preciso que tenha uma equipe interna trabalhando para manter o funcionamento do software. A plataforma é voltada para grandes empresas.

Ah, antes de a gente entrar nas plataformas é legal lembrar que todas necessitam de hospedagem. E a gente oferece o serviço, ok? Entra no nosso site e dá uma olhada nos nossos planos: https://xdevs.com.br/

1 – Magento

Talvez seja a mais popular das plataformas de e-commerce que a gente encontra pela internet. Ela é mais voltada para empresas grandes, mas também não quer dizer que ela também possa fazer parte do seu negócio.

Essa plataforma é muito, mas muito flexível. Por isso ela leva vantagem sobre outras várias plataformas.

O grande entrave da plataforma é a maneira de mexer nela, isso mesmo. Ela é tão rica em funcionalidades que não é tão fácil colocar para funcionar. Pensada em SEO, ela foi feita para converter os clientes de maneira natural.

Pontos a favor

  • Focada em SEO para conversão
  • Suporte a vários tipos de pagamento
  • Altamente escalável e customização

Pontos contra

  • É necessária uma experiência em programação para utilizar
  • Aprendizado dificultado

A plataforma Magento é uma excelente opção, mas a indicamos para quem já está na estrada. Para você que está começando a gente indica plataformas que sejam mais fáceis e simples de aprender.

2 – WooCommerce

O WooCommerce não é bem uma plataforma de e-commerce, na verdade ele é um plugin para ter a loja em outra plataforma, como no WordPress (o mais famoso do mundo).

Lembrando que é um dos mais simples de manipular, porque o WordPress é altamente intuitivo, e você não precisa ser programador para ter a sua própria loja virtual dentro do seu site.

Ele detém inclusive a maioria dos recursos disponíveis no Magento. O plugin aliado à extensões cria uma ótima funcionalidade para a sua loja virtual dentro do seu site.

Pontos a favor

  • Loja virtual dentro do seu site WordPress
  • Personalizável e otimizável com extensões
  • Suporte da comunidade especialista em WordPress

Pontos contra

  • Para obter uma avançada funcionalidade precisa de várias extensões.

Ps: é o nosso favorito.

3 – PrestaShop

Com uma gama de funcionalidades que não acaba mais, a PrestaShop é uma plataforma de e-commerce dedicada. Com ela é possível conseguir uma boa estrutura com um visual moderno em pouco tempo.
É possível, além das funcionalidades, melhorar o uso da plataforma usando temas e plugins. Mas só se quiser, porque não é necessário, pois a plataforma dá conta de muita coisa. Ela até mesmo tem um sistema de analytics e suporte ao cliente em precisar de módulos adicionais.

Vamos aos comparativos.

Pontos a favor

  • Configurações avançadas de gerenciamento de produtos.
  • Várias opções de processamento de pagamento.
  • Personalize sua experiência de finalização de compra.
  • Analytics para auxiliar a entender o perfil do seu consumidor
  • Cuide do processo de suporte dentro da própria plataforma.
  • Impostos do seu produto ao seu alcance

Pontos contra

  • Existe uma complexidade para entender a total funcionalidade da plataforma.

4 – OpenCart

Esta plataforma fica atrás do WooCommerce e do Magento, mas é bem funcional. O melhor no OpenCart é o seu painel de controle, que é intuitivo, com um visual moderno e fornece a informação que você precisa para ter um excelente desempenho nos seus negócios.

O OpenCart é fácil de personalizar, mas nesse ponto não é tão intuitivo.

Pontos a favor

  • Fácil de ser utilizado
  • SEO integrado
  • Possível adicionar novos temas e extensões

Pontos contra

  • Não se integra com outras plataformas
  • Temas desatualizados

Essa plataforma é uma razoável opção para você que está começando nesse mercado, para começar a aprender e de repente mudar de plataforma posteriormente.

5 – osCommerce

As plataformas de e-commerce têm muitas características em comum, e a osCommerce não é diferente disso. Assim como algumas que apresentamos, aqui você não precisa ser um programador para colocar em prática sua ideia de negócio digital.

Pontos a favor

  • Criação simplificada
  • Temas e extras gratuitos
  • Comunidade de usuários grande

Pontos contra

  • Painel de controle um pouco desatualizado

Qual plataforma escolhemos?

Ah, mas essa é fácil. É claro que é o WooCommerce. Ele é muito fácil de utilizar, e o melhor: é apenas (tamanho) um plugin que você terá dentro do seu site WordPress.

Simplesmente simples. Indicamos!

Montar uma loja e-commerce não é uma tarefa fácil, há muita coisa incluída e que precisa ser planejada. Mas com esse guia que acabamos de apresentar a você já é possível ter um norte do que é esse meio.

Planeje bastante, pesquise também. Mas não se esqueça de trabalhar muito, é isso que vai determinar o seu sucesso.

E aí, gostou do artigo? Conta para a gente nos comentários.

Valeu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *